Inspiração do dia: balões para sonhar

Tudo na Ballon Chair é cativante. As nuances de cor dos balões, a fidelidade dos fios que parecem mesmo barbante, a inclinação que sugere o movimento e o assento com capitonê que dá ainda mais alma à cadeira. Inspirado no personagem principal do filme francês “Le Ballon Rouge (1953), a peça é presa ao teto por âncoras escondidas nos balões de plástico rígido e tem o assento em alumínio. Impossível não se sentir flutuando só de olhar. Impossível não suspirar com tamanha delicadeza ❤ ❤ ❤

bc2

Vai voar!

 bdet 

Os detalhes dos “barbantes”

bc1

E com a pequenina para ter uma ideia do tamanho

Anúncios

Escritório criativo, trabalho mais produtivo

Se não dá para aumentar o salário, nem trocar de chefe, pelo menos, que o ambiente de trabalho dá para se tornar mais criativo, inteligente e divertido. No Dia do Trabalho, aí vai uma seleção que, definitivamente, vai deixar os dias de pressão um pouco mais leves…

Marca e circula texto

Muito além do básico risco sobre as palavras, essa caneta esperta ainda dá a opção de sublinhar ou circular o texto. O segredo está na ponta que faz até piruetas com um opção em espiral. Não entendeu? A gente desenha:

beetle_3way beetle_point

A ponta oferece as três opções, basta inclinar a caneta.

kokuyo_pm-l301-5s_5

Mil e uma possibilidades numa peça só. Tinha que ser coisa de japonês 🙂

Desenho mais livre

Por falar em caneta, quem gosta e precisa desenhar à mão livre, mas esbarra nas limitações de movimento, ganhou mais liberdade com o Sketch Finger, do escritório André Cruz Design & Ideias. Trata-se de um acessório que se encaixa, de um lado, na caneta ou lápis, de outro no dedo. Assim, a mão fica mais livre e o desenho também. Via link.

sketch02-450x590

Detalhe que faz toda a diferença

Chega de perder caneta

Quem nunca jurou que tinha deixado a bendita bem ali em cima da mesa e quando viu, cadê? Sumiu! Pois é, até teorias conspiratórias alienígenas surgiram do constante sumiço delas. Mas o problema é nosso mesmo, que não temos lugar para guardar as canetas e a deixamos em qualquer canto. Pois bem, para resolver de vez o problema, o escritório Gustav Innovation criou a Slanda, uma caneta que desafia a gravidade e se equilibra sozinha sobre uma base que lembra um pião. A vantagem? Ela não rola pra lugar algum e se mantém sempre à mão. Via link.

slanda_pen_puxsi

Dá para ver como ela funciona aqui.

Tome nota

O post it foi uma criação quase que revolucionária para esse universo de escritório. E não é que ele pode ficar ainda melhor? Exemplo do Sticky Clock Notes que vem com um reloginho retrô para ajudar a marcar o horário do compromisso e o Light Switch, um post it em formato de espelho (de tomada) que serve não só para o escritório, como para a casa também.

 5561fe002469357a85eb44702d746a42

Hora marcada, anotada e colada

8b82cf81e092ede2928cb192df7174df

Cabe até a caneta em cima

Recado animal

Bianca, Robin, Lenny e Morris. Pode repassar esses nomes ao RH para a contratação urgente. É que, além de fofos, eles acumulam utilidades: na corcunda, levam os papeis de anotação que, preenchidos, vão ser fixados na boca. Podem ser encontrados aqui.

111MB312_360_1_7

A Bianca tem até os dentinhos para fixar melhor o papel.

MM243_c_360_6

O Morris carrega outros objetos, caso precise.

MB313_a_360_6

O Lenny está acostumado a todo tipo de esforço.

mb774p_360

E o Robin é todo trabalhado nos detalhes (esses chifres não são uma graça?).

Dois em um

Quando uma peça começa a agregar funções, a gente agradece. Caso desses quatro acima e desses três abaixo:

free_cutter

Cut n’ Snip é tesoura e estilete também.

66c60f773cd5d32c7ddda6b73858eac3

Scissortape tem suporte para o durex.

pinhook

E os Pinhooks além de prenderem o papel no quadro de avisos servem também para pendurar outros objetos 

Cinco em um

E quando a peça resume nela praticamente todas as necessidades básicas de uma mesa de escritório? É o que faz o multitarefas The Butt Station

butt-station-office-desk

As canetas e o bloco vão atrás, o lápis vai na boca, o durex é preso pelas mãos e pés, e os clipes…Bem…Os clipes vão ali atrás rs.

Tudo num lugar só 

Nessa linha de resumir num lugar só vários nichos, essa pequena mesinha multifunções é também uma ótima aposta. Isso porque ela é elevada, se encaixando entre o teclado e o monitor. Além disso, tem espaço para tudo, do copo ao celular. E até entrada USB tem. À venda na Amazon.

61uPbDi97IL._SL1500_

Nem o mais bagunceiro se perde aqui .

Módulo atraente

Para quem tem uma parede por perto, uma boa ideia é o Urbio™ Magnetic Modular System Components. Inspirado nos (e inicialmente feito para) jardins verticais, ele funciona em módulos com placas magnéticas que se adaptam à necessidade. Tem design orgânico, limpo e com espaço até para plantinhas.

UrbioOffice_1006027_x 

Até o fone encontrou seu lugar ❤

Como não resolveram isso antes?

É engraçado como alguns objetos, criados para uma tarefa específica, não conseguem resolvê-la de fato. E, pior, ficam décadas com o mesmo formato insuficiente. Você vai entender do que eu estou falando quando vir essa dupla abaixo.

transparent_punch3  

Só eu ficava doida tentando achar o lugar certo para usar o furador? Fala sério, minha gente, ele já devia ter nascido assim, transparente! (Via link)

staple 

O mesmo dá para dizer do grampeador. Só de pensar nos malabarismos que a gente fazia com aquele tradicional…. Aiai! (Via link)

Pegue o seu banquinho

Uma boa cadeira influencia diretamente na sua produtividade. Por isso, para encerrar o post, duas boas ideias para quem já abusou da coluna.

 6bb1feec1e7fe669823bb93293af7d4e

A Gaiam Balance Ball trabalha a postura enquanto você trabalha. Praticamente um pilates no horário de trabalho.

bcc4b1303a85900c83d3e73fbe18aba2 (1)

E a Daybed funciona especialmente para quem trabalha em casa. Afinal, é nesses casos que a gente deixa a desejar na postura (leia-se, se esparramar no sofá) 

Inspiração do dia: quadro vivo

De vez em quando, uma criação tira a gente do corre-corre e faz a gente suspirar. Nem precisa ser muito complicada, não. Ao contrário, quanto mais simples, melhor. E é o que tem o Bird Frame Feeder, do studio inglês Mama. A ideia consiste em se criar uma moldura num poleiro com um pequeno comedouro. Do resto, a natureza se encarrega. E que venham os pássaros ❤ ❤ ❤

 

i_2ca2b380-592c-49bc-afb6-03e31deb6731

 Olha o passarinho!

Com a cabeça nas nuvens

É  assim que estavam os designers das peças a seguir no momento de sua criação. E, cá pra nós, quem é capaz de resistir ao formato simples, divertido e delicado das nuvens que sempre nos remetem à inspiradora ideia de sonho? Elas são capazes disso e muito mais. Por isso, tire os pés do chão e embarque nessa viagem, para o alto e avante!

Guarde na nuvem

No mundo virtual, os arquivos; no real, as chaves. De forma magnética, esse chaveiro mantém até três molhos de chave sempre no lugar certo para não perder tempo.

13169_cloud-life-grey-back-front

Tudo é atraente nela

 

Mesa de suspiros

Quem promete arrancá-los é esse fofíssimo porta-guardanapos, que nem precisa de cor para inspirar uma boa refeição.

porta_guardanapo_nuvem_branca-1000x1000

Receita de delicadeza

Ainda sobre a toalha, a mesa é o céu com esses pratinhos de cerâmicas modelados à mão.

il_570xN.324283086

❤ ❤ ❤ ❤

Tridimensional, esse bowl se aproveita dos contornos circulares das nuvens para ganhar a forma exata da utilidade.

bow de bolas

Que rechonchuda!

Quarto de sonhos

Fofas em todos os sentidos, as nuvens  não poderiam combinar melhor com quartinhos de bebê, por exemplo. Por isso, uma parede recheada com esses cabides é uma ideia pra lá de simples e criativa. Via link.

cloud-coat-hangers

Parede celestial

Para guardar e manter ao alcance os livrinhos da criançada, essa espécie de estante/revisteiro não poderia ter tema melhor para incentivar a imaginação dos pequenos. Via link.

revisteiro

Também serve para a sala de quem continua com a cabeça nelas 🙂

Para meninas ou mulheres, manter as bijus organizadas vai ficar bem mais divertido com esse organizador. Nela, os pingos da chuva são os ganchinhos. Own.

il_570xN.463636070_7d6v

Vai faltar gota para tanto brinco, rs!

Sente nelas, pise nelas

Quem já se imaginou sentando numa nuvem, pode concretizar o sonho com esses sofás cheios de ergonomia e criatividade.

O Cirrus, do designer eslovaco Lubo Majer, da Slovakia Design, é todo trabalhado na ideia de maciez, vide o material mais molinho.

tumblr_mo1hji7efq1s9osmdo1_500

Vai chover elogios na sua sala

A Cloud Chair, da designer sueca Lisa Widén, é mais estruturada e, diante dela, a gente tem vontade de se jogar.

bild 027

Para todas as idades

Já a Cloud Sofa abusa do direito de sonhar. A mágica nela é um campo de força magnético que mantém o assento literalmente flutuando. Para deixar tudo ainda mais real, usou-se o feltro no revestimento.

magnetic_floating_sofa_kootouch_content

Não, você não está sonhando, rs!

Já se o seu sonho é caminhar sobre as nuvens, taí esse singelo tapete para concretizar a ideia.

fec56a5d6b1a48b03bdcce1db3f386f6

E ainda é todo felpudo 🙂

Luz nublada

Essas nuvens aqui têm luz e charmes próprios . A Cloud Softlight, da Molo, é formada por uma série de células iluminadas. Sustentada por pés estilo varetas, ela é de uma leveza só.

floor_table_cloud_softlight_05

 Do tamanho que você precisar

Já essa outra luminária de piso, mais estilizada, replica o formato até no pé. E, para ligá-la, é só puxar a gota.

5959945_1278034044m

 Parece flutuar também

Nuvem carregada

Para encerrar, um design que realmente faz todo sentido. Afinal, a palavra chuveiro vem justamente dessa ideia de água caindo. Por isso, o Nube traz a peça em formato de nuvem. Bem carregada para garantir água em abundância ao banho de todo dia.

 

e7c6cfc2222a4d2f289d5b8158cfa922

 Cante à vontade na “chuva” 😉

Os acessórios mais divertidos, originais e delicados que já vi

Não basta apenas enfeitar o corpo, eles fazem isso com ainda mais estilo e originalidade. Muito além do óbvio, esses acessórios fazem graça, sugerem novos padrões, agregam funções ou apenas nos fazem suspirar tamanha a delicadeza envolvida. Daí é amor à primeira vista e bons motivos para ter uma semana mais inspirada.

Sabe aquele momento especial captado pelas lentes? Agora dá para levá-l0 sempre no dedo com esse anel-mini-porta-retratos! Tem aqui.

8438f102427f9aca086503d6b3507f64

É pequenino mas o efeito que ele traz é gigante

Seria mais um colar não fosse a ideia de aproveitar o próprio cordão para fazer as vezes das cordas de balanço. O que cria um efeito tridimensional muito bacana. Via link.

9ae0e5d40c989be53afeafd6d97079c9

 Deu até para sentir o ventinho no rosto 🙂

Marca pessoal, a assinatura pode ser reveladora. Pelo traço e composição, dá para imaginar a personalidade e até avaliar a criatividade de seu dono. Se a sua diz muito sobre você, por que não fazer com que ela ganhe “vida”. Como? Assim ó:

NMY1PZH_mx

Quem diria que aquele seu rabisco viraria arte, hein? Essa aí vende aqui.

É apenas uma marquinha, mas a ideia é tão original que vale incluí-la na lista. Afinal, alguns anéis marcam de fato o dedo. Por que não, então, aproveitar o “problema” para espalhar amor por aí? (Via Pinterest)

9f8c141e17a7b7b305eebe3a5608abc3

Ô gente, vai me dizer que não é fofo?

Aos adeptos da função, esse outro anel inclui uma bem interessante. Trata-se de um caderninho de anotações versão micro. Para você não perder aquela anotação importante que aparece sempre quando você não tem um bloquinho por perto. Via link.

ring05 (1) Haja habilidade para escrever!

Por falar nisso, dá até para carregar livros no pescoço, sem garantias de torcicolo, evidentemente. É só reduzir o tamanho e montar uma biblioteca no peito. Tem aqui.

il_570xN.226060172

Feitos à mão para deixar tudo ainda mais precioso

Aproveitar particularidades do desenho original na construção da peça é sempre um ponto a mais em qualquer projeto de design. Por isso, esse brinco nada de braçada na originalidade. Via link.

228f2e612e719c5889f52ada1e71cf6cOuço gritinhos das amantes de salto alto 😉

Já aqui, não foi a forma, mas, digamos, a associação. A orelha se tornou um saboroso pedaço de carne para o tubarão faminto.

716856f7727f05611afae8dd5dd82d66

Até o avermelhado na orelha faz parte do “cenário”

Criar composições também é abrir um leque amplo de opções para a criatividade. Vide esse trio que, ajustado, cria uma minifazenda no seu dedo. Vi aqui.

bc6a8b710f73856cedaa53eee9543d22

Voltando a ser criança em 3,2…

Ou esse que cria palavras…

b0299fdc067360bf2dd0a901c6723c38

No que você está pensando? (nem vai precisa de rede social)

Quem não quer ganhar mil possibilidades em uma? Com a mesma ideia trabalha o  Socket Ring. Ele vem com uma base e seis topos coloridos o bastante para alimentar todas as fases do seu humor. São magnéticos e modernos.

1854 Mil tons de esperteza 😉

Para encerrar, duas suspirantes delicadezas.  A primeira, toda trabalhada no romantismo, traz dentro de um dourado e metálico envelope, uma cartinha com I Love You gravada. Own ❤ (via link)

il_570xN.327093069

 Lance mão na hora certa, ok?

E a segunda, uma captura de um dente-de-leão dentro de uma pequena garrafinha. A flor que costuma ser vista flutuando por aí fez uma pausa no seu voo para garantir a poesia contida nesse colar. (Via link

e337c0db9a5fe0337ebe61e36a52880f

Eu não sei você, mas eu só consigo enxergar poesia aí 🙂  

E você? Também viu algo bacana por aí? Mande pra mim! Ou comente! 😉

10 presépios criativos para deixar a noite ainda mais feliz

Quando eu era mais jovem e cheia de ideias (faz um tempinho rs), eu adorava criar presépios. No meu limitado orçamento, claro, cabiam no máximo algumas folhas de papel-pedra (para criar cavernas das mais loucas) e um ou outro espelhinho desfalcado de suas molduras para garantir o lago dos patinhos. Árvores de Natal, fiz aos montes também, mas presépios eram os que eu mais gostava. Acho que por causa de toda história por trás, de todo mistério, enfim, era bem mais empolgante.

E é incrível como uma mesma cena pode ganhar as mais variadas representações. Sem perder a referência da Sagrada Família – esse triângulo sagrado ao redor do qual, afinal, está o sentido do Natal – as composições mostram como é possível brincar (no bom sentido) com esse desenho fascinante. Quer ver só?

1 – A escultura do artista Frank Lizama, de Belize, é feita em madeira e, numa peça só consegue trazer a contemplação de José e Maria diante da manjedoura . Via link.

1ae528c94486d3a3706442bb09f3466d

2 – Sabe as matrioskas? Aquelas bonecas russas que cabem uma dentro da outra? Esse presépio tomou emprestada a ideia, com graça. Via link.

2bf4cd6f3eaeeee44aaec437dd63af35

3 – Em formato de quebra-cabeças, esse traz toda a cena para um bloco só montado. Via link.

7f91fc57e06d5510ac4c7819443bfed9

4 – O cenário pode se reduzir apenas a três simples pecinhas que, amarradas, dão o seu recado :). Via aqui ó.

9a2e95e666f0cb6d054c661d3d4bad13

5 – Com pecinhas de Lego, dá até para fazer o cajado de José :). Via link.

ad62ab6b5217a3a7a27641aa12f63d78

6 – Simplificando as formas, economiza-se espaço e se ganha em aconchego e amor <3. Via link.

e59dcb74ce6e9bfb102ef87df65a55a3

7 – E quem disse que a cena do nascimento de Jesus não pode ter um quê pop e de design? Assinado por Massimo Giacon & Alessi’s e com direito a sorrisos largos, ele está à venda aqui.

nativity_wht_main

8 – Com direito a José en el bigodón, esse presépio feito à mão pela argentina Zime cabe na mão e tem pinheirinhos conceituais.

il_570xN.403433449_ppb4

8 – E, por falar em conceituais, a lista segue com alguns formatos ainda mais simplificados como esse, via Pinterest

870dff6192f168a83733243aa182d92a

9 – … E esse, cheio de alfinetinhos da americana Bunny with a Toolbelt, que tem suas peças à venda na Etsy.

48450625192b44c0df4877f0e7d528f2

10 – E já que é para reduzir detalhes, o inglês Sebastian Bergne foi além com o Colour Nativity. Com peças em formatos retangulares que variam nos tamanhos, ele tem a  identificação dos personagens por cores que cabem, inclusive, todos encaixados na mesma caixinha. É demais, não?

sebastian-bergne

sebastian-bergne2_

Feliz Natal! ❤

É o design expandindo a estante, o abajur e até a varanda

Sabe um ioiô? Pois é, aqui a ideia é parecida já que as criações funcionam com a mesma proposta: estender e retrair de acordo com a necessidade. Em tempos de espaços curtíssimos, um beijo para quem pensa na gente se acotovelando no mobiliário.

Algumas ideias são simples, outras nem tanto. Mas todas são um bom exemplo de como dá para ir além, nem que seja por meio de um braço, um encaixe ou qualquer sistema que facilite a nossa vida.

Camadas de função

A REK coffee table, do estúdio holandês Reinier de Jong, é um suspiro de felicidade para quem vê chegar a parentada e não tem aonde mais colocar bandeja, café, petiscos e tudo o mais que a gente faz para agradar, né não?

0rekctable02

Mil e uma possibilidades prum lado ou pro outro 😉

Vira mesa de jantar

Na mesma linha mesinha-de-centro-magia, a Tetra, da italiana Sculptures Jeux, também tem lá suas espertezas. Ela se abre em abas que podem até ser destacadas para se tornarem bandejas.

e558fc334641b0114cbc6d7503c09c08

E viradas ganham nova cor, veja aqui

Cabe em qualquer canto

É ótimo para a área de serviço mas vai bem também no closet ou até no banheiro. Daí a praticidade desse cabideiro que, quando não está sendo usado, é recolhido sem ocupar espaços indevidos. Via Pinterest

cabide esperto

Falta só aprender a passar camisa social rs

Luz encaixada

Quase a mesma ideia teve a recém-formada designer norueguesa Caroline Olsson, da Akershus University College. Seu projeto de graduação foi esse abajur pra lá de esperto que se retrai se abrigando numa caixinha que parece daquelas de giz de professor. 

abajour caixinha

Tem futuro ou não tem essa menina? 🙂

Mordomia pouca é bobagem

Sabe aquele café na cama dos sonhos? Taí nesse criado-mudo que só falta falar mesmo. Dá para usar para ler, usar o notebook, ou seja, é mordomia de verdade.

ebbf93a8345a00774ef1039a7858c729

Seja esperto e escolha o lado certo da cama, ok?

É só dobrar

Potes de plástico e até silicone, o novo xodó dos utensílios gourmet, existem aos montes, mas a Consul tomou a frente ao lançar esses que são retráteis. Ou seja, ocupam a metade do espaço na hora de guardar.

 Forma multiuso retrátil-Consul

Expandiu…

Forma multiuso retrátil_Consul_ 

Retraiu… Lembrou do ioiô?

Poucas paredes, poucas tomadas

É para resolver esse problema que a Pop-Out Outlet surgiu. Num clique ela quadruplica suas possibilidades transformando-se numa espécie de T. Confira aqui como ela funciona.  Via link.

tomada-embutida

Tem crianças em casa? Acabou de ganhar mais uma vantagem!

Labirinto expandido

Tudo muito simples até agora? Então se prepare para a fase dois desse post. E quem abre os trabalhos é a REK bookcase , do estúdio Reinier de Jong (o mesmo da primeira mesinha, lá em cima). Uma estante que se abre e fecha num perfeito movimento de encaixe e cresce de acordo com sua coleção. O zig zag do desenho é fenomenal e vai se adaptando ao tamanho dos livros e do espaço que se tem.

REK1.jpg.492x0_q85_crop-smart

Até fechada, ela é show

Quase o portal de Nárnia

Lembra daquele armário que dava para outro mundo no filme? Pois é, dá para lembrar dele vendo o  Walk-in Closet, do escritório holandês Hosun Ching. Mas o mundo em questão aqui é o do ganho de espaço. Acompanhe comigo…

Walk-in 1 

1 – A barra que serve como puxador também serve para pendurar alguma roupa no cabide

Walk-in 7

2 – Os espaços são beeem divididos entre gavetas, prateleiras e araras 

Walk-in 2

3 – Para facilitar, as portas se abrem com rodízios fofos de madeira e borda azul

Walk-in 3

4 – Tá certo que se você é mulher vai dar falta de mais cabideiro, mas lembre-se do formato aparente fechado: era pra ser só aquilo

Walk-in 4

5 – Reparou nos dois espelhos? Dá para se ver por trás 😉

Walk-in 5 

6 –  E os detalhes, como o espaço para joias, para convencer de vez!

Sim, até a varanda

Para encerrar em grande estilo, que tal ganhar simplesmente uma varanda a mais na casa? Como? De forma retrátil, claro. E, acredite, automática. Veja o vídeo. Via link

 fold-out-residential-deck

Precisa de um respiro? Compre uma varanda!

folding-exterior-deck-gadget

Olha ela se abrindo aí. Dá para acreditar?

E viva o dia de los muertos!

Foi em Guanajuato, cidade universitária localizada na parte central do México, que eu me deparei com o quadro. Na verdade uma espécie de nicho em madeira com a frente fechada em vidro. Dentro dele, em formato de bonequinhos de papel machê, Frida Kahlo e seu amado Diego Rivera compunham a cena. Ele, diante de um cavalete, pintava ela, sentadinha ao lado. Porém, o mais legal (e que eu fiquei fascinada e mais pobre, já que não era muito barato) é que, ao contrário da imagem real da pintora estampada na minitela, o rosto deles era de … Caveirinha!

É assim no México. Lideradas por La Catrina – a dama da morte – as caveiras não são assustadoras. Ao contrário, são festivas. Tanto que estampam confeitos em doces de açúcar para crianças no famoso Dia de Los Muertos. O próprio evento, um dos mais animados do país, faz da morte uma companheira menos pesada. Portanto, para celebrar o dia hoje, que tal tener la compañía de las calaveras?

1d9abd74eec34b1b2c42f97890b5c26d

Para abrir os trabalhos (e os caminhos) essa maçaneta é delicada e marcante. De deixar uma primeira impressão e tanto, não? À venda na Amazon

capacho_skull_pb

Achou muito séria? Então tem capacho fofinho de caveirinha pixelada 🙂 E dá para comprar aqui

9fcf740c001f6b0186992e0fc7ed7fdd

Ainda no campo decor, olha que tudo esse papel de parede. Em padrões quase que de tapeçaria, não deixam a elegância de lado. Via Pinterest.

31bc39baec321022801ae12997d45809

Dá para acreditar nesse trabalho precioso nas costas dessa blusa? Via Pinterest

62e10bd62210cfaa0417dc2e46226bac

Porque caveiras também são amor ❤ ❤ ❤ Vi aqui ó

c27c0cc55aac1eb563fa76aab03c2016

Essa caixinha aqui, além de trabalhada na cor e nos detalhes, ajuda a organizar a bagunça. Da para comprar aqui.

b2e3dc84f7

Para deixar os bons drinks ainda mais estilosos. À venda aqui

eafa8a9a17f1b154b85cf539a4538841

E aí, vai ou não vai dar uma colher de chá -ou de sopa, café – para elas? Via link

 romain-jerome-dia-de-los-muertos-01

Fabricado especialmente para o Dia de Los Muertos, esse relógio da Romain Jerome traz todo o simbolismo da data. Um deles é a quantidade de cores – sete como as sete etapas que a alma (assim, explica a marca, com referêcia aos astecas) deve passar para chegar a paz…

Skull_Speakers_France_house_plans_photography1

E, para encerrar, as minicaveiras que funcionam como caixinhas de som são criação dupla francesa Kuntzel – Deygas. O mais bacana é que elas são feitas artesanalmente. E com um detalhe: os olhos te seguem para onde você for…

Garimpo em L – MoMA

Trata-se de um dos maiores museus de Arte moderna do mundo e, no seu acervo, estão ícones do Design ao longo dos tempos. Ainda não conheço o MoMA, em Nova York, EUA (ainda!) mas é um sonho para todo designer ter uma peça lá, inclusive à venda. Aqui no Rio, na Livraria Cultura da Gávea, algumas estão à venda, mas nem é preciso sair de casa para conhecê-las. Basta uma voltinha na loja virtual do museu que é um verdadeira tentação. Prepare o coração (e o cartão) e resista se puder.

54267_B2_Pinocchio_Tape_Measure

Sabe o nariz do Pinocchio? Pois então, olha a ideia-pronta aí, minha gente! O Pinocchio Tape Measure custa US$ 6

65140_A2_Outline_Vase

Do vaso tradicional, sobrou só a borda no Outline Vase. Mas ainda dá para encaixar a flor ;). Por US$ 65 

80562_A2_Espresso_Set 

O premiado Espresso Set, da norte-americana Lexon, além de feito de bambu é ainda mais esperto já que tem pires que se encaixa à bandeja e fendas para as colherzinhas. À venda por US$ 70

87108_C2_Tuck_Box

Tá vendo essa caixinha comum? Ela é bem mais do que se imagina…

87108_A2_Tuck_Box

Ela se abre em três compartimentos para você carregar para onde for. Fabricado pela Umbra, ela custa US$ 35 

 91817_A2_Shaker_S_And_P_Switch

De tão juntos, eles viraram um: saleiro e pimenteiro na mesma peça. Basta apertar o “interruptor” para escolher o tempero. À venda por US$ 14

95117_A2_Umbrella_Goggles_Yellow

Chuva, a calçada cheia e um esbarra-esbarra sem fim…

95117_B2_Umbrella_Goggles_Yellow 

… Mas seus problemas acabaram com esse guarda-chuva que vem com uma fresta transparente. O toque de graça é o formato de óculos de mergulho e a cor pra lá de vibrante. Preço: US$ 28  

96671_A2_Table_Componibili

O Componibili é um módulo retrô que vai bem do quarto do filho ao escritório. As portas de correr têm buracos como puxadores. Da designer Anna Castelli Ferrieri para a Kartell e à venda por US$ 135 (promocional)

99393_A2_Desk_Egg

Mais uma ideia-pronta e tão simples quanto genial: o Desk Egg atrai magneticamente os clipes formando um ninho fofo. Preço: US$ 16  

99397_A2_Cozy_Remote_Tidy_Black

Sabe aqueles organizadores que fazem milagre na sala? Esse aí abriga de um tudo para ninguém mais perder nada. À venda por US$ 20

102019_A2_Speaker_Interaction_for_Smartphones

Não precisa nem conectar esse amplificador para ouvir muito melhor seu celular. Basta encaixar seu smartphone. De qualquer forma, vem com USB também. Custa US$ 38

Quer ver mais? Clica aqui e divirta-se!

O melhor é quando vamos pra baleia

Acho que foi depois de Abrolhos que elas não saíram mais da minha cabeça. Aqueles seres de toneladas bailando como se fossem pequenos peixinhos parecem desafiar todas as leis da física e da lógica. Sim, porque imaginar um ser a la Moby Dick como fofo não tem muito sentido não (é verdade que Free Willy contribuiu muito para essa boa fama). Seja como for, as baleias são fofinhas, as baleias são legais. E nem falo da praia em que Nissim passa férias (lembra do meme? Ele inspirou o título do blog) mas das possibilidades que elas podem ganhar quando se fala, claro, de design. Foi depois que bati o olho na  Wale Cool Fool (que você vê logo abaixo) é que percebi o quanto o shape das baleias é um prato cheio para designers. Daí, quando avancei na pesquisa, simplesmente PIREI com os produtos que encontram nela inspiração. Quer pirar comigo? Então se segura aí, meu caro…

Que cauda é essa, minha gente?

A Scarce Chair Wale Cool Fool do designer espanhol Máximo Riera é uma imponência só. Com uma cauda quase do tamanho real, a cadeira parece ter ganhado forma naturalmente. Se bem que toda a coleção (que tem outros animais incríveis, confira aqui) exigiu o esforço de 30 profissionais de cinco países. O resultado é nada menos que isso…

 ???????????????????????????????????????????????????????????É ou não é gigantesca?

??????????????????????????????????????????????????????????E o caudão? o.O

Versão compacta

Ok, se a sua preferência é por algo um pouco mais reduzido, há opções mini. Como a caixa para guardar pequenos itens do designer norte-americano Karl Zahn. Além de graciosa, ela é articulada.  À venda aqui.

AW_WHALE_BOX

Bocão fechado

AW_WHALE_BOX_OPEN

Bocão aberto 😉

Ou então, as porta-lápis e outros itens da empresa norte-americana Utility Collective, dos designers Eric Pfeiffer e Steve Piccus. Aqui, não falta tarefa para as pequenas.

pw_3794 Na cabeça vão os lápis, na boca, o telefone, e na calda, ufa, o caderninho

E por falar em escritório, que tal um grampeador baleístico? O Victorian Whale Stapler tomou emprestado todo o shape do animal para cumprir sua função estética também. 

62eddc1e952ec271e8327e2529dede5b Vai um grampo aí? À venda aqui

Baleia decor

Do fundo do mar, os gigantescos animais dão de lavada na decoração também. E fica difícil resistir a peças como esse vasinho incrível Thabto que simula um mergulho.

4cae4c4375fb17169e316377d45ec545 

É só colocar a flor e suspirar

A estante também vai ficar mais bonita e organizada com essa outra baleia “dividida”, também Victorian. Da pra comprar aqui. (Via Bem Legaus)

Baleia-aparadora-bem-legaus-1

Cabeça de um lado, cauda pro outro.  Parece até axé rs  

Sirva-se dela

Na cozinha, há peças ainda mais incríveis. E em formatos dos caricatos aos mais sutis. Como as do designer britânico Jasper Morrison. Criação dele para a marca japonesa Oigen, o set de peças em ferro fundido busca inspiração na água que a baleia ejeta quando vai à superfície.

dezeen_palma_jasper_morrison_oigen_4_sq 

O detalhe da chaleira faz toda a diferença

dezeen_palma_jasper_morrison_oigen_5_sq

Assim como o da petisqueira

A jarrinha do designer Jonathan Adler também é uma fofura em formato de baleia. Assim como a mantegueira. Ambas brincam com o desenho da cauda dando a elas a função de alça.

33b9e6774fdb43cfe067a33d3a5b201fDe pé e toda trabalhada no alto-relevo

whale-butter-dish  

Para usar, é só puxar a cauda

Esse açucareiro da Urban Outfitters também usa da mesma ideia com uma esperteza a mais: traz dentro dois copinhos com medidas para facilitar a vida de quem vai preparar quitutes. (Via Link)

zrtn_007n7f4a4d52_tn 

A aguinha faz as vezes de alça da tampa e a cauda, a da base do açucareiro

cute_whale_measuring_cup_set_4 

Destampe e, ops, olha uma surpresa aí

cute_whale_measuring_cup_set_5  

ops de novo, são duas! 🙂

Já a Fred & Friends traz o cetáceo para a mesa de festas. Aqui, ao invés de água, são os palitinhos que se jogam para cima à espera dos convidados.

mobypick_lr1

Pega eu, pega eu!

E, por fim, essa tábua não menos suspirante do designer Tom Roche com direito a boca e até olhinhos recortados ❤ ❤

d4f6554370cb3122f7e3e552a2cdeb9a

Diz se ela não é irresistível?

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.